Ultraje A Rigor:O Monstro De Duas Cabecas

From Lyriki
Jump to: navigation, search
Information This page was auto generated and its contents should be reviewed.
Please, take the time to ensure the page content is mostly correct and that there isn't another page for this song.
You may then remove this warning by editing the page contents and deleting the {{autoGenerated}} tag.
“O monstro de duas cabecas”
Artist: Ultraje A Rigor
Albums: 18 Anos Sem Tirar ()

Tem uma que é tensa
Tem uma que pensa
Tem uma que é louca
Uma é careta

Tem uma que é chata
Tem uma pontuda
Uma é careca
Outra é cabeluda

Tem uma que puxa
Tem uma que empurra
Tem uma que é grande
Tem uma que é burra

(Refrão)

Eu sou um monstro de duas cabeças
Uma cabeça de bagre, uma cabeça de teta
Uma é só trabalho, outra é só alegria
Uma me enche o saco e a outra esvazia

Tem uma que manda
Outra obedece
Tem uma que sobe
Tem uma que cresce

Uma cabeça falha
A outra também falha
Uma cabeça ajuda
A outra atrapalha

Uma tá cansada
Outra tá no pique
Uma quer que eu vá
Outra quer que eu fique

(Refrão)

Num dia eu tô pra cima noutro eu tô pra baixo
Mas eu não posso cortar nenhuma cabeça
Se pelo menos elas duas concordassem
Mas uma é séria e a outra só pensa em sacanagem

(Refrão)