Jorge Palma:Uma vez

From Lyriki
Jump to: navigation, search
Information This page was auto generated and its contents should be reviewed.
Please, take the time to ensure the page content is mostly correct and that there isn't another page for this song.
You may then remove this warning by editing the page contents and deleting the {{autoGenerated}} tag.
“Uma Vez”
Artist: Jorge Palma
Albums: Dá-Me Lume - O Melhor De Jorge Palma (1989)

Deixa cair
Aposto que não passa do chão
Á devida distância
Uma queda pode ser apenas percussão

Deixa morrer
O gesto que começou mal
Depois vai ter tempo
De reconstruir a tua catedral

Uma vez
Era o rei e o bobo
Separaram-se até mais ver
Mas não deixaram de se corresponder
Uma vez
Era o belo e o monstro
Também eles fizeram planos
De nunca deixarem de se entender

Conheço alguém
De quem mal me consigo lembrar
Abençoado quem tem quem
De vez enquando o venha visitar

Na tua mão
Pressinto um futuro feliz
Tira o lápis da boca
E escreve o que a solidão te diz

Uma vez
Era o génio e o louco
Separaram-se até mais ver
Mas não deixaram de se corresponder
Uma vez
Era o choro e o riso
Também eles fizeram planos
De nunca deixarem de se entender